Carreira em TI

Autora: Carla Catelan

(5 minutos de leitura)


Quando olhamos para a evolução dos processos seletivos, o que uma empresa espera de uma pessoa candidata ou até mesmo o tempo de permanência das pessoas nas empresas, é de se espantar tamanha a velocidade da mudança de tendência nessa área.

Obviamente algumas indústrias, como por exemplo a de tecnologia hoje em dia, aceleram as mudanças e se tornam agentes transformadoras no mercado, outras ficam na retaguarda e acabam sendo mais conservadoras.

O que é mais efetivo vai depender da cultura de cada empresa e da indústria que ela atua, mas de forma mais ampla, as empresas estão percebendo que a experiência da pessoa candidata no processo seletivo é talvez uma das formas mais importantes de se alavancar o employer branding. 

Hoje temos acesso a portais com informações de experiência em processo seletivo, salário, benefícios etc. O Glassdoor é um é um dos sites de recrutamento e vagas que mais cresce no mundo todo. No geral, esses sites têm um banco de dados cada vez maior, com milhões de avaliações de empresas, classificações de aprovação de CEOs, relatórios de salários, avaliações e perguntas de entrevistas, avaliações de benefícios, fotos de escritórios e muito mais. Sendo assim, as empresas com baixa reputação dificilmente conseguem ter alto poder de atratividade.

Mas o que isso tem a ver com carreira? Explico:

Há pouco tempo, pessoas candidatas com diversos diplomas e aquela lista enorme de cursos extracurriculares se destacavam frente aquelas que não tinham tantas "provas de suas qualificações". Mas a dúvida que sempre ficou é: o conhecimento teórico é suficiente para garantir uma boa qualificação profissional?

A resposta é: Não. Esses requisitos já não contam mais como antigamente. Hoje as empresas que puxam tendência no mercado e que tem uma boa área de recrutamento e seleção mais alinhada com a necessidade dos negócios, mudaram sua forma de atuar e perceberam que conta mais alinhamento cultural e o potencial da pessoa candidata em aprender novas tecnologias e tipos diferentes de trabalho do que o antigo currículo de 5 páginas.

As entrevistas que anteriormente eram feitas com perguntas já bem conhecidas pelas pessoas candidatas (e que se podia ensaiar as respostas em casa) já não têm mais espaço. Os processos seletivos modernos contam com entrevista por competência, onde as pessoas candidatas falam suas experiências passadas e a pessoa recrutadora avalia se aquele comportamento tem alinhamento com o tipo de serviço que a pessoa vai desenvolver em sua nova função caso seja contratada.

Programas de desenvolvimento interno têm sido cada vez mais necessários para que os candidatos à vaga possam fazer uma reciclagem de seus conhecimentos ou até mesmo migrar de área de atuação de acordo com os seus próprios interesses ou necessidades da companhia.

Empresas também têm optado por processo seletivo mais compartilhado, onde diversas pessoas participam ativamente das entrevistas para poder remover vieses inconscientes. Uma discussão ampla sobre a participação da pessoa candidata nas diversas lentes ao longo do processo, elimina uma opinião única ou uma possível reprovação por falta de objetividade de avaliação de atributos concretos necessários para desenvolver tal função.

Mais importante do que nunca é a dedicação da pessoa candidata em se desenvolver em soft skills. As empresas têm procurado cada vez mais focar em ambientes seguros para as pessoas atuarem, mas é esperado que os candidatos consigam trabalhar em equipe, tenham boa comunicação com as diferentes gerações, saibam trabalhar com pessoas diversas e colaborem com o ambiente inclusivo, tenham inteligência emocional e resiliência para mudanças, tenham autonomia para desenvolver suas carreiras e busquem ganhar conhecimento de forma constante, sem depender que a empresa desenhe esse plano de jornada. A carreira é individual. A empresa está ali para te apoiar e suportar. 

Quando analisamos perfis de pessoas que se destacam dentro de um grupo onde diversas outras têm a mesma função, é nítido entender que se destaca as pessoas que conseguem fazer suas entregas com comprometimento no prazo e qualidade, que tenha uma visão holística sobre suas entregas e que não fiquem confinados apenas ao seu interesse individual, mas que planejem entregas objetivando o que é melhor para a empresa como um todo. O sentimento e atitudes do "dono" faz com que a pessoa entenda que ela é parte essencial do sucesso da companhia. Esse comportamento é facilmente identificado nas pessoas que se destacam em suas entregas.

O mercado tem sentido a necessidade de olhar para profissões do futuro ao mesmo tempo em que conseguem evoluir o aumento de representatividade de pessoas diversas em seu quadro de funcionários. Dessa maneira, tem sido cada vez mais comum ver programas de formação acelerada onde as empresas pagam bolsas de estudos para grandes instituições e depois oferecem posições de contratação para as melhores pessoas estudantes. Essa é uma ótima oportunidade para pessoas que desejam fazer transição de carreira ou que desejam voltar ao mercado de trabalho.

De forma mais ampla, o perfil das pessoas candidatas tem ditado o foco das empresas e os investimentos a serem feitos. Essas transformações no mercado de trabalho têm se fortalecido nos últimos 3-4 anos e certamente teremos outra curva de mudanças em breve. Precisamos estar preparados para não nos perdermos nessas metamorfoses.


Gostou do nosso conteúdo? Então siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro de mais informações e acompanhe o nosso blog.

Autora: Carla Catelan, é Head de Recrutamento da Thoughtworks Brasil. Atua há mais de 17 anos em áreas relacionadas a pessoas em empresas de tecnologia. Suas maiores experiências foram em Recrutamento e Seleção, Diversidade, Equidade e Inclusão e Business Partner (LinkedIn)

Compartilhe este artigo em suas redes sociais:
Avalie este artigo:

Outros artigos que você pode ter interesse em ler

  • Todos (175)
  • Bem estar (17)
  • Carreira (38)
  • Competições (4)
  • Desenvolvimento (107)
  • Design (8)
  • Diversidade e Inclusão (3)
  • Eventos (3)
  • História (14)
  • Indústrias (6)
  • Inovação (35)
  • Liderança (8)
  • Projetos (23)
Você gostaria de ter um artigo ou vídeo seu publicado no blog e redes sociais da beecrowd? Caso tenha interesse, envie-nos um e-mail com o assunto “BLOG” para [email protected] e passaremos mais detalhes sobre o processo e pré-requisitos para ter o seu artigo/vídeo publicado em nossos canais

Sede
Rua Funchal, 538
Cj. 24
Vila Olímpia
04551-060
São Paulo, SP
Brasil

© 2023 beecrowd

Todos os Direitos Reservados